Governo francês anuncia reforço de segurança após atentado em Paris

O primeiro-ministro francês, Bernard Cazeneuve, anunciou hoje o reforço da segurança antes da primeira volta das presidências que se realiza no domingo, depois do atentado de quinta-feira, que provocou a morte de um polícia, em Paris.

© Getty Images
Mundo Bernard Cazeneuve

No final da reunião do Conselho de Defesa, presidido pelo chefe de Estado, François Hollande, o primeiro-ministro explicou que vão ser mobilizadas "unidades especializadas de intervenção para garantir uma capacidade de resposta total".

PUB

O chefe de governo disse ainda esperar que com a presença efetiva de 50 mil polícias, gendarmes e militares no próximo domingo junto das assembleias de voto, a eleição decorra com "normalidade".

O atentado de quinta-feira, reivindicado pelo grupo extremista Estado Islâmico, ocorreu nos Campos Elísios, no centro da capital francesa.

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias Ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser