Meteorologia

  • 24 NOVEMBRO 2020
Tempo
MIN 9º MÁX 18º

Edição

Prisão para casal que manteve mulher deficiente como escrava sexual

Abusos sexuais prolongaram-se ao longo de oito anos.

Prisão para casal que manteve mulher deficiente como escrava sexual

Keith Baker, de 61 anos, e a mulher, Caroline, de 54, foram esta terça-feira condenados na Irlanda do Norte, adianta a BBC.

Durante oito anos, o casal manteve uma mulher deficiente como prisioneira e escrava sexual. Em tribunal, a casa do casal foi descrita como uma “casa de horrores”.

No quarto onde a vítima esteve enclausurada durante anos não havia um candeeiro, lençóis de cama ou cortinas.

A mulher, que vive com dificuldades profundas de aprendizagem, apresentava sinais de subnutrição quando foi resgatada pela polícia. Pesava apenas 38 quilos e na sua boca restava-lhe apenas um dente, especifica a cadeia de televisão britânica.

Tudo aconteceu em Craigavon, na Irlanda do Norte, com os abusos a terminarem apenas em 2012.

Ambos deram-se como culpados no passado mês de março. Entre as provas apresentadas em julgamento havia vídeos dos abusos sexuais levados a cabo e filmados pelo próprio casal.

O casal foi agora condenado. A mulher cumprirá mais três anos de cadeia enquanto o marido (na imagem), considerado o mentor do grotesco crime, cumprirá 15 anos de prisão.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório