Empregado despedido nos EUA após "prova de residência" a clientes latinos

Incidente aconteceu num café na Califórnia. Funcionário pediu a clientes uma prova de que eram cidadãos locais.

© iStock
Mundo Califórnia

Diana Carillo sentou-se com a irmã e uns amigos num café em Huntington Beach, na Califórnia, e o empregado que as atendeu pediu-lhes uma prova de que residiam na área.

PUB

“O meu amigo, em choque, repetiu o que ele disse e a resposta dele foi: ‘Sim, preciso de me certificar que são daqui antes de vos servir’”, indicou a jovem de 24 anos.

A jovem acabou por descrever a situação numa publicação que colocou no seu perfil de Facebook no passado dia 12 de março.

Os pais de Diana Carillo são imigrantes e, levando o incidente a peito, todos se levaram e foram falar com o gerente do café. O empregado foi, entretanto, demitido.

O gerente do estabelecimento, Kent Berden, indicou ao jornal local Orange County Register justificou-se dizendo que estava a brincar mas que a sua atitude não se enquandra “de forma alguma” com as políticas da empresa.

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias Ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser