Síria: Intensos bombardeamentos a leste de Damasco após ataque rebelde

As forças do regime sírio bombardearam hoje intensamente posições rebeldes a leste de Damasco depois de terem travado na véspera um ataque surpresa dos insurgentes em bairros da capital, informou o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

© Reuters
Mundo ONG

"Houve intensos raides aéreos depois de amanhecer contra posições dos rebeldes no bairro de Jobar, onde o ataque dos insurgentes foi lançado", indicou o diretor do OSDH, Rami Abdel Rahman, em declarações à agência noticiosa francesa AFP.

PUB

"O governo e as forças aliadas retomaram a iniciativa e estão a atacar os grupos que lançaram o ataque de ontem [domingo]", afirmou o responsável.

Grupos rebeldes e de 'jihadistas', liderados pela Frente Fateh al-Sham, o ramo sírio da Al-Qaida, lançaram no domingo um ataque surpresa contra as forças governamentais, atacando o bairro de Jobar e avançando até à zona da praça dos Abássidas, que dá acesso ao centro da capital.

Segundo indicou a mesma organização, no domingo, o ataque contra as forças do regime sírio foi feito com recurso a viaturas armadilhadas e a bombistas suicidas.

De acordo com o OSDH, pelo menos 47 soldados sírios e combatentes islâmicos morreram nas últimas 24 horas em confrontos nos subúrbios do nordeste de Damasco.

Do total de vítimas mortais, pelo menos 26 eram membros das forças leais ao Presidente sírio, Bashar al-Assad, enquanto 21 seriam milicianos, dos quais dois perderam a vida em dois atentados suicidas praticados com carros armadilhados.

Na quarta-feira passaram seis anos sobre o início da guerra civil na Síria, onde mais de 321 mil pessoas morreram, de acordo com o OSDH.

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias Ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser