Devin Nunes sem provas de conluio entre a campanha de Trump e a Rússia

O presidente da comissão dos serviços de informações do Congresso dos Estados Unidos, Devin Nunes, disse hoje não ter encontrado "qualquer prova" de conluio entre a campanha de Donald Trump e a Rússia para influenciar as presidenciais.

© Reuters
Mundo Comissão

"Dou-lhe uma resposta muito simples: não", respondeu o congressista republicano lusodescendente a uma questão sobre se viu provas de uma tal conspiração, numa entrevista à televisão Fox News.

PUB

A afirmação de Nunes foi feita um dia antes de a comissão a que preside ouvir o diretor do FBI, James Comey, sobre as supostas ligações da equipa do presidente norte-americano a Moscovo e sobre a alegação de Trump de que foi escutado por ordem do antecessor, Barack Obama.

Nunes disse também não ter qualquer prova de que a Trump Tower, sede do conglomerado de empresas de Trump e da campanha, ter sido colocada sob escuta antes das eleições.

Os serviços de informações norte-americanos publicam em janeiro um relatório segundo o qual a Rússia pirateou contas de correio eletrónico de responsáveis do Partido Democrata e tentou interferir na campanha em benefício de Trump.

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias Ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser