Descoberto um novo continente: Chama-se Zealândia e é especial

Trata-se do continente 'oculto' da Terra. Saiba porquê.

© Geological Society of America’s Journal
Mundo Terra

É oficial. O planeta Terra acaba de 'ganhar' um novo continente. É a Zealândia, situa-se no Oceano Pacífico, a leste da Austrália e 94% do seu território está submerso.

PUB

Foi pelo menos esta a conclusão de uma equipa de 11 geólogos que publicou esta semana na revista da Sociedade Geológica dos EUA [Geological Society of America’s Journal, em inglês].

Com 4,9 milhões de quilómetros quadrados, a Zealândia será então o mais pequeno dos outros seis continentes (África, Antárctica, Ásia, Europa, América e Oceania). Além de menor, diferencia-se dos outros por estar quase todo submerso.

No estudo, intitulado 'Zealândia: o continente oculto da Terra', os geólogos afirmam que a Zealândia cumpre todos os requisitos para ser considerado um continente. A saber: a altitude elevada em relação à crosta oceânica, assim como a existência de três tipos de rochas (as rochas magmáticas ou vulcânicas, as metamórficas - criadas pelo calor e pela pressão, e as sedimentares, criadas pela erosão). Além dessas caraterísticas, este novo território distingue-se por ter uma crosta mais espessa e menos densa do que o fundo do oceano circundante.

“O valor científico da classificação da Zealândia como um continente é muito mais do que apenas um nome extra numa lista”, ressaltaram os geólogos, em comunicado, frisando que o facto de estar submerso, mas não fragmentado, torna-o algo útil e estimulante na exploração da crosta continental.

A descoberta é o culminar de 20 anos de investigação, segundo disse Nick Mortimer, um dos autores do estudo.

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias Ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser