Pai matou o filho desempregado e viciado em jogo

Nos últimos anos tem aumentado o número de jovens que se licenciam mas não conseguem encontrar emprego, razão pela qual continuam a viver na casa dos pais.

© iStock
Mundo China

Zhu Shuigen tem 67 anos e está preso depois de ter assassinado o próprio filho na casa onde ambos viviam em Suzhou, na China.

PUB

Conta o South China Morning Post que na origem do crime terá estado o estilo de vida do filho que não trabalhava e era viciado em jogo.

O pai, contam os vizinhos, já tinha saldado uma dívida de 2 milhões de yuans (272,4 mil euros) feita pelo filho numa mesa de jogo. Mas nem assim o homem aprendeu a lição e, pouco tempo depois, voltou a acumular outra dívida, desta feita de 1 milhão de yuans.

Cansado de sustentar o filho e os seus vícios, já depois de ter criado os dois netos porque o filho divorciou-se duas vezes e não trabalhava, Zhu Shuigen perdeu a cabeça e matou o filho.

Segundo o noticiado pelo South China Morning Post, o homem assassinou o filho – não foram divulgados pormenores sobre os ferimentos, apenas que foram na cabeça – e depois chamou a polícia, entregando-se assim às autoridades.

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias Ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser