Atividades da Rússia "colidem com interesses dos Estados Unidos"

Rex Tillerson, o secretário de Estado norte-americano nomeado por Donald Trump, reconheceu hoje perante o Senado em Washington que as "atividades recentes" da Rússia contrariam os interesses dos Estados Unidos.

© Getty Images
Mundo Rex Tillerson

"Apesar de a Rússia procurar respeito e relevância na cena internacional, as suas atividades recentes colidiram com os interesses americanos", declarou Tillerson no decurso da sua audiência de confirmação no cargo de chefe da diplomacia, perante a comissão de Negócios Estrangeiros do Senado.

PUB

Na sua intervenção, o futuro chefe da diplomacia de Washington também assegurou que vai "reivindicar" a liderança norte-americana à escala global, e considerou que os "aliados da NATO" têm razões "para se alarmar" com a Rússia.

O antigo patrão do gigante petrolífero Exxon Mobil é considerado próximo do Presidente russo Vladimir Putin, enquanto o Presidente eleito dos EUA, Donald Trump, tem vindo a propor uma reaproximação a Moscovo.

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias Ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser