Meteorologia

  • 21 JULHO 2017
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 18º

Edição

Foi decapitada por ir às compras sem o marido. Foi um "ato infiel"

A notícia foi dada pelas autoridades afegãs.

Foi decapitada por ir às compras sem o marido. Foi um "ato infiel"
Notícias ao Minuto

23:20 - 28/12/16 por Inês Esparteiro Araújo

Mundo Afeganistão

Uma mulher de 30 anos foi decapitada e esfaqueada em Lati, no Afeganistão, pelo seu “ato infiel” de ir às compras sem o marido a acompanhá-la. De acordo com a Middle East Press, um porta-voz do governo afirmou que o ataque foi cometido por militantes talibãs.

Na verdade, são talibãs que ocupam neste momento Lati, na provínvia de Sar-e-Pul, onde têm imposto fortes políticas de discriminação contra mulheres, que inclui proibi-las de falar alto em público ou de aparecerem em meios de comunicação social.

De acordo o Independent, não cumprir estas regras implica castigos como chicotadas em público ou execuções em estádios de futebol.

Sobre a morte desta mulher, ninguém foi acusado ou preso e os talibãs negam qualquer tipo de envolvimento no ataque.

Campo obrigatório