Meteorologia

  • 26 SETEMBRO 2021
Tempo
22º
MIN 14º MÁX 24º

Edição

Chapecoense: Bolívia culpa piloto e companhia por queda de avião

Morreram 71 pessoas a bordo do voo da operadora LaMia, a maioria elementos da equipa brasileira da Chapecoense.

Chapecoense: Bolívia culpa piloto e companhia por queda de avião

A investigação lançada pelo governo da Bolívia às razões que levaram à queda do voo onde seguia a equipa da Chapecoense atribuem responsabilidades à operadora LaMia e ao piloto.

Foi o ministro de Obras Públicas Milton Claros quem adiantou esta terça-feira as conclusões relativamente à queda do avião no passado mês de novembro.

Recorde-se que o avião se despenhou perto de Medellin, após o aparelho ter ficado sem combustível. Além dos jogadores e elementos da equipa técnica, também vários jornalistas e o próprio piloto, Miguel Quiroga, morreram. Apenas seis pessoas sobreviveram ao desastre de avião.

“A LaMia e o piloto são diretamente responsáveis pelo que aconteceu com este trágico acontecimento”, declarou.

As autoridades bolivianas chegaram a esta conclusão ao analisar uma gravação de áudio na qual o piloto sugere que a aeronave ficou sem combustível ao dizer que houve uma "falha elétrica total", e "falta de combustível".

O governo boliviano também informou que vai processar a LaMia e seus funcionários e a controladora de tráfego aéreo Celia Castedo, que autorizou o plano de voo.

Entretanto, a companhia aérea anunciou que fará compensações individuais no valor de 165 mil dólares (158 mil euros) para as famílias das vítimas e os únicos seis sobreviventes do acidente.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório