Dispara mortalmente contra amigo durante selfie com arma na mão

Homem foi acusado por homicídio involuntário.

© Reprodução Victorian Supreme Court
Mundo Austrália

Albert Rapovski foi preso por, acidentalmente, ter morto um amigo enquanto posavam para uma fotografia com uma shotgun na mão.

PUB

O jovem, de 20 anos, estaria sob o efeito de drogas e não dormiria há quatro dias quando disparou contra Mohammed Hassan, durante uma festa, na Austrália.

Os dois estariam a posar para fotografias e vídeos com uma arma num motel em Melbourne, quando a tragédia aconteceu.

Mohammed, de 23 anos, morreu no local e amigo contou que uma amiga teria estado momentos antes a tirar as balas da máquina, pensando este que esta estaria totalmente descarregada.

O culpado chegou a tentar fugir do país para a Macedónia mas acabou detido no aeroporto.

Inicialmente Albert foi acusado de homicídio voluntário, mas mais tarde acabaria por ver mudada a acusação para homicídio involuntário.

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS