Celebrou 117 anos a mulher mais velha do mundo. Viveu em três séculos

O segredo de tanta longevidade? Comer três ovos por dia e ter passado quase toda a vida solteira.

© Memolition
Mundo Itália

Emma Morano é a única mulher viva do mundo a ter vivido em três séculos diferentes. Nasceu em 1899, no final do século XIV, e completou esta terça-feira 117 anos.

PUB

A cada ano que passa, esta italiana torna-se notícia em todo o mundo e a pergunta repete-se sempre que o tema vem à baila: Qual o segredo para tanta longevidade? Permanecer solteira, beber conhaque italiano e comer ovos crus todos os dias.

“Sempre comeu muito poucas verduras e muito pouca fruta. Quando a conheci, comia três ovos por dia, dois crus de manhã e uma omeleta ao meio-dia, e frango no jantar”, contou ao Daily Mail o médico que a acompanha há 27 anos.

Emma é a mais velha de oito irmãos. Tornou-se a mulher mais velha do mundo após a morte da nova-iorquina Susannah Mushatt Jones, com 116 anos e 311 dias.

O último ano foi passado em casa, acamada. A audição já deu de si e a fraca visão não lhe permite sequer ver televisão. Mas os cuidados médicos têm sido escassos e Emma dá força àquela que é uma marca de família: a longevidade. A mãe morreu aos 91 anos e duas irmãs viveram até aos 100.

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS