Polícia espanhola detém suspeito de propaganda e recrutamento para ISIS

A polícia espanhola deteve esta madrugada em Aranjuez (Madrid) um homem suspeito de ser uma figura chave no aparelho de propaganda e recrutamento do grupo extremista Estado Islâmico, informou o Ministério do Interior.

© Reuters
Mundo Terrorismo

O detido, um marroquino com residência na localidade de Aranjuez, é descrito como um "ator solitário", que mostrava um "intenso fanatismo e uma incessante atividade na internet mediante a qual se instruía a si próprio para cometer atentados terroristas contra a população".

PUB

O seu avançado estado de radicalização, segundo o Ministério do Interior, "levava-o a passar longos períodos de tempo a navegar na internet".

Segundo o Ministério do Interior, mostrava uma "incessante atividade na rede", além de ser uma pessoa de com um "reduzido círculo social" que recebia vídeos e publicações "com referências às ações suicidas de jovens 'mujahedin'".

O detido é ainda descrito como apoiante da "jihad individual" com a qual o grupo radical Estado Islâmico pretende "mover a guerra para o coração das casas de família no Ocidente", algo que se enquadra, segundo o Ministério do Interior de Espanha, nos parâmetros que definem a figura do terrorista individual ou "ator solitário", capacitado para realizar ataques terroristas.

 

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS