França pede reunião imediata sobre cidade síria de Alepo

O ministro dos Negócios Estrangeiros francês, Jean-Marc Ayrault, pediu hoje uma "reunião urgente" do Conselho de Segurança das Nações Unidas para debater a "catástrofe humanitária" na cidade síria de Alepo.

© Reuters
Mundo Segurança

A França quer que o Conselho de Segurança se reúna imediatamente para "examinar a situação naquela vila martirizada e os meios a empenhar para socorrer a população".

PUB

"Mais do que nunca, há urgência em pôr termo às hostilidades e permitir um acesso sem limitações à ajuda humanitária", defendeu Jean-Marc Ayrault em comunicado.

Após um forte ataque perpetrado pelo regime sírio e pelos seus aliados, os rebeldes perderam na segunda-feira o controlo de um terço do seu bastião no leste de Alepo, onde dezenas de milhares de civis estão ameaçados pelos combates.

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias Ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser