Receberam 100 chicotadas por terem sexo fora do casamento

A violência na Indonésia está a gerar controvérsia.

© Reuters
Mundo Indonésia

Um grupo de pessoas na província de Aceh, na Indonésia, foram chicoteadas brutalmente. Umas por terem tido sexo fora do casamento, outras por simplesmente mostrarem afeto em público.

PUB

Cinco destas pessoas, que incluem duas mulheres e dois homens, foram punidos à porta de uma mesquita, dá conta a RT.

No grupo estão incluídas também duas estudantes universitárias, ambas com 19 anos, que confessaram terem tido relações sexuais com outro homem que não o marido. As duas receberam 100 chicotadas pelo ‘erro’ que cometeram.

Apesar da Indonésia ser um estado secular, existe um certo número de províncias que goza de uma autonomia significante do governo central. Uma delas é Aceh e esta é a única região que aplica a lei islâmica, a xaria, na sua totalidade.

Assim, qualquer comportamento como o tocar, abraçar ou beijar entre pessoas que ainda não são casadas é estritamente proibido. Também relações sexuais entre homossexuais, apostas e beber álcool é igualmente proibido.

Em outubro, pelo menos duas jovens foram castigadas publicamente por ‘se aproximarem demasiado’ dos seus namorados.

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS