Meteorologia

  • 19 JANEIRO 2022
Tempo
MIN 5º MÁX 15º

Edição

Noodles conquistam mais de cem mil milhões

A associação mundial de massas instantâneas (Wina), com sede no Japão, anunciou, esta sexta-feira, que o mundo consumiu, no ano passado, mais de 101 mil milhões de embalagens deste produto.

Noodles conquistam mais de cem mil milhões

De acordo com a Wina, uma associação fundada em 1997 por Momofuku Ando, inventor há meio século das massas instantâneas, foram vendidas em todo o mundo, em 2012, 101,4 mil milhões de embalagens.

Em 2011, o número de pacotes consumido em todo o mundo foi de 98,7 mil milhões.

A China (incluindo Hong Kong) lidera as vendas com um pouco mais de 44 mil milhões, seguida pela Indonésia (14,1 mil milhões) e o Japão (5,4 mil milhões). Surgem depois o Vietname (cinco mil milhões), a Índia (4,3) e os Estados Unidos (4,3).

O país lusófono com maior consumo de massas instantâneas é o Brasil, com 2,32 mil milhões de embalagens, de acordo com a classificação da Wina.

O maior consumidor africano é a Nigéria (1,9 mil milhões) e o primeiro país da Europa ocidental é o Reino Unido, em 20.º lugar, com apenas 340 milhões.

A Rússia encontra-se em 11.º lugar com cerca de dois mil milhões de embalagens.

"Estes resultados provam que as massas instantâneas se tornaram num prato de base" em todo o mundo, comentou Norio Sakurai, responsável da Wina, em Osaka, cidade que tem um museu dedicado à massa instantânea.

Os fabricantes de massas instantâneas realizam cimeiras mundiais desde 1997. A última decorreu em Tianjin (China), em maio de 2012, sobre o tema "massas instantâneas para uma vida melhor".

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório