Meteorologia

  • 18 AGOSTO 2022
Tempo
17º
MIN 16º MÁX 32º

Ex-chefe despedido por alegada corrupção indemnizado com 37 milhões

O ex-administrador-delegado da transportadora aérea United Airlines, Jeff Smisek, recebeu uma indemnização de 36,8 milhões de dólares (31,9 milhões de euros) depois de ser despedido por alegada corrupção, noticiou hoje a imprensa norte-americana.

Ex-chefe despedido por alegada corrupção indemnizado com 37 milhões

Segundo o diário Chicago Tribune, que teve acesso aos documentos do despedimento da empresa United Continental Holdings Inc., Smisek recebeu cerca de 6,6 milhões de dólares em dinheiro e 29,4 milhões em ativos.

Smisek, de 61 anos, deixou a empresa em setembro, em plena investigação sobre corrupção do antigo chefe da Autoridade Portuária de Nova Iorque e Nova Jérsia, que gere os aeroportos de Newark, JFK e LaGuardia.

De acordo com a investigação em curso, a United Airlines teria recebido favores da agência portuária como recompensa por manter uma rota aérea não rentável que permitia a um dos seus diretores viajar para casa ao fim de semana.

Mesmo assim, e como parte da indemnização, Smisek teria recebido privilégios vitalícios nas viagens aéreas pela companhia.

Smisek foi substituído à frente da empresa, uma das três maiores dos EUA, por Oscar Munoz.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório