Meteorologia

  • 28 NOVEMBRO 2020
Tempo
10º
MIN 9º MÁX 16º

Edição

Responsáveis pelos ataques na Bélgica planeavam voltar a atacar França

O belga-marroquino Mohamed Abrini, o 'homem do chapéu', já acusado pelos atentados de Paris, foi também acusado pelos "crimes terroristas" nos ataques de 22 de março em Bruxelas, anunciou hoje o procurador federal belga.

Responsáveis pelos ataques na Bélgica planeavam voltar a atacar França
Notícias ao Minuto

10:10 - 10/04/16 por Lusa

Mundo Justiça

O juiz considerou que "participou nas atividades de um grupo terrorista, de assassinatos terroristas e de tentativas de assassinatos terroristas".

Num comunicado, o Ministério Público belga revela ainda que a célula terrorista de Bruxelas pretendia voltar a atacar a França, mas os avanços nas investigações fizeram-nos mudar as ações para Bruxelas.

"A Procuradoria Federal confirma que vários elementos da investigação indicam que o objetivo do grupo terrorista era atacar de novo a França", indica o comunicado.

O documento acrescentou que os terroristas, "surpreendidos pela investigação, que avançava a grandes passos, finalmente tomaram a decisão urgente de atacar em Bruxelas".

Procurado desde novembro, Abrini foi detido na sexta-feira depois de ter sido identificado como o terceiro homem no aeroporto de Bruxelas-Zaventem, que abandonou o local pouco antes do duplo ataque suicida.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório