Meteorologia

  • 20 SETEMBRO 2019
Tempo
20º
MIN 17º MÁX 23º

Edição

Descoberto homem que matou leão mais acarinhado do Zimbabué

Cecil, de 13 anos de idade, era o felino mais fotografado de um dos parques nacionais do Zimbabué. Foi descoberto decapitado e esfolado.

Descoberto homem que matou leão mais acarinhado do Zimbabué

As autoridades do Zimbabué andavam à procura do responsável pela morte de Cecil, o leão mais fotografado do Parque Nacional de Hwange. Este foi identificado como sendo Walter Palmer, um dentista americano que, segundo relata o The Independent, se gabou de ter morto um sem número de animais com arco e flecha.

Recorde-se que Cecil, de 13 anos de idade, foi morto a dia 1 de julho. O corpo do felino foi deixado nas imediações do parque, sem cabeça e sem pele. O felino foi morto durante a noite com arco e flechas para que não se fizesse ruído. O caçador esperou que o animal sangrasse até ser abatido, pela manhã.

Palmer, pai de dois filhos, é natural do Minnesota e terá pago 49 mil euros para fazer a caçada. A sua identidade foi confirmada por duas fontes à mesma publicação.

Na imagem acima, vê-se Palmer com uma pessoa não identificada junto de um dos seus ‘troféus’ de caça.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório