Meteorologia

  • 13 JULHO 2020
Tempo
28º
MIN 23º MÁX 37º

Edição

Malásia adverte muçulmanos para não celebrarem São Valentim

Mais de 300 voluntários participaram num programa do Governo da Malásia que alerta os muçulmanos contra a celebração do São Valentim, por considerar que esta vai contra os princípios do Islão, noticiou este domingo a imprensa local.

Malásia adverte muçulmanos para não celebrarem São Valentim

O director do Departamento de Desenvolvimento Islâmico, Othman Mustapha, disse que os voluntários de ambos os sexos, entre os 19 e 25 anos de idade, se deslocaram a diferentes locais da capital para lançar a mensagem contra o Dia dos Namorados, noticiou a agência espanhola Efe.

"Os jovens voluntários podem dar conselhos e explicar o Dia de São Valentim à comunidade muçulmana. Dirigem-se a jovens, pais e à comunidade para alertar a importância de não celebrar este dia", afirmou Othman, segundo a agência local Bernama.

O Conselho Nacional Fatwa da Malásia emitiu em 2005 um decreto religioso islâmico (ou fatwa) contra a celebração do São Valentim, por considerá-lo uma festividade cristã com elementos pagãos contrários ao islão.

Em 2011 mais de 100 casais foram admoestados pela polícia religiosa por celebrarem o Dia dos Namorados.

Cerca de 60 % da população da Malásia pratica o islão, enquanto a restante, de origem chinesa, indiana ou indígena, pratica o budismo, o cristianismo, o hinduísmo ou tem crenças animistas.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório