Meteorologia

  • 03 DEZEMBRO 2022
Tempo
MIN 8º MÁX 12º

Presidente de Cabo Verde recomenda "diálogo interno" na Guiné-Bissau

O primeiro-ministro de Cabo Verde, José Maria Neves, considerou hoje importante que haja "diálogo interno" na Guiné-Bissau para consolidar os progressos conquistados no último ano.

Presidente de Cabo Verde recomenda "diálogo interno" na Guiné-Bissau

"A Guiné-Bissau goza de um grande prestígio internacional pela forma como concluiu o processo de transição e realizou a mesa redonda [de doadores]. É preciso consolidar tudo isso através de um processo de diálogo interno", referiu.

O líder do Governo cabo-verdiano falava hoje no início de uma visita oficial de quatro dias a Bissau, ao depositar uma coroa de flores no mausoléu de Amílcar Cabral, fundador da luta pela independência.

O Governo e Presidente guineenses, eleitos há um ano, puseram fim ao período de transição que sucedeu ao golpe de Estado de 2012.

A 25 de março, as novas autoridades realizaram um encontro de doadores em Bruxelas que permitiu mobilizar mais de mil milhões de euros de intenções de apoio da comunidade internacional.

"Cabo Verde estará ao lado da Guiné-Bissau e das autoridades guineenses", acrescentou José Maria Neves, que considerou que a visita que está a realizar ao país "é o reconhecimento do que a Guiné-Bissau fez para a independência de Cabo Verde".

O líder do Governo cabo-verdiano chegou a Bissau cerca da 01:00 local (02:00 em Portugal) para uma visita que visa sobretudo reforçar as relações económico-empresariais bilaterais nas áreas do Turismo, Transportes Aéreos e Marítimos, Pescas, Formação Profissional, Ensino Superior, Ciência e Inovação.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório