Meteorologia

  • 22 JULHO 2019
Tempo
18º
MIN 16º MÁX 21º

Edição

Aos sete anos conseguiu dizer a primeira palavra. Foi "amo-te"

O menino, atualmente com dez anos, já consegue falar e construir frases para que os outros o percebam. A mãe está muito feliz com o resultado depois de o menino ter sido diagnosticado com uma doença rara aos quatro anos.

Aos sete anos conseguiu dizer a primeira palavra. Foi "amo-te"

Tait Sherman tem uma condição rara no cérebro e durante anos viveu num mundo de silêncio. Depois de ser tratado por um especialista, Tait conseguiu dizer as suas primeiras palavras.

Foi numa noite em que ia deitar o menino, que a mãe ouviu pela primeira vez o seu filho a proferir as seguintes palavras: “Eu amo-te”.

Reama Sherman sentiu uma emoção enorme ao perceber que o seu filho de sete anos estava a conseguir combater a doença.

A condição Bilateral Perisylvain Polymicrogyria afeta parte do cérebro, que controla a linguagem. Isto quer dizer que o menino tenta abrir a boca para falar mas nenhum som é emitido.

“Foi um momento maravilhoso. O facto de não conseguir comunicar com a pessoa que mais amo no mundo e não ser capaz falar é devastador”, explica ao Mirror.

Através da língua gestual, a mãe dizia sempre que o amava, mas foi num abraço carinhoso que ouviu as primeiras palavras do seu menino.

Tem sido uma longa batalha para Tait, mas o menino de dez anos frequenta agora uma escola em Ottershaw, Surrey, Inglaterra,

que o tem ajudado a ultrapassar estas dificuldades.

Agora já consegue construir frases e ser percebido por todos os que o rodeiam.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório