Meteorologia

  • 30 NOVEMBRO 2022
Tempo
14º
MIN 8º MÁX 16º

"Matem o nosso piloto e matamos todos os vossos prisioneiros"

O governo da Jordânia respondeu à letra aos extremistas do Estado Islâmico, garantindo-lhes que se matarem o piloto que têm sob custódia, todos os prisioneiros jihadistas serão mortos em resposta.

"Matem o nosso piloto e matamos todos os vossos prisioneiros"
Notícias ao Minuto

19:59 - 31/01/15 por Notícias Ao Minuto

Mundo Jordânia

O Estado Islâmico tem sob custódia um piloto jordano e ameaça executá-lo se a Jordânia não libertar o jihadista Sajida al-Rishawi. Contudo, o governo jordano não cede a ameaças e já avisou que irá retaliar caso tirem a vida a Muath al-Kaseasbeh.

“Matem o nosso piloto e nós iremos executar todos os vossos prisioneiros”. Terá sido esta a mensagem que o governo jordano enviou ao Estado Islâmico segundo o correspondente internacional do jornal Al Rai que foi entrevistado pelo Daily Mail.

“O governo avisou que se eles matarem o piloto serão implementadas sentenças de morte a Sajida al-Rishawi e a outros prisioneiros do ISIS o mais depressa possível”, explicou o correspondente Elijah Magnier.

O piloto Muath al-Kaseasbeh foi capturado pelos jihadistas em dezembro depois do avião que pilotava se ter despenhado em Raqqa, na Síria.

Os extremistas ameaçam matar o refém se o governo da Jordânia não libertar Sajida al-Rishawi, um membro do Estado Islâmico.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório