Meteorologia

  • 11 DEZEMBRO 2019
Tempo
12º
MIN 8º MÁX 15º

Edição

Bruxelas deteta cartel em fabricantes de envelopes e aplica multa

A Comissão Europeia multou em 19,4 milhões de euros cinco fabricantes europeus de envelopes por cartelização de preços, informou hoje o executivo comunitário.

Bruxelas deteta cartel em fabricantes de envelopes e aplica multa
Notícias ao Minuto

12:05 - 11/12/14 por Lusa

Mundo Milhões

As empresas multadas são a sueca Bong, com 3,1 milhões de euros, os franceses GPV e Hamelin, com 1,7 e cinco milhões, respetivamente, a alemã Mayer-Kuvert, com outros cinco milhões de euros, e a espanhola Tompla, com 4,7 milhões de euros.

"Neste caso, fechamos o envelope, selamos e devolvemos ao remetente com uma mensagem clara. 'Não enganem os consumidores, não cartelizem'", disse, citada em comunicado, a comissária da Concorrência, Margrethe Vestager.

Bruxelas começou a investigação a este cartel em setembro de 2011 e concluiu que através de reuniões bilaterais ao mais alto nível, algumas durante jogos de golfe ou mini-golfe, os fabricantes implicados no cartel coordenaram as suas respostas a pedidos de grandes clientes europeus, acordaram aumentos de preços e trocaram informação comercialmente sensível. O cartel começou em 2003 e durou até 2008.

Tendo em conta que as empresas Tompla, Hamelin e Mayer-Kuvert/GPV (os ativos da GPV acusados destas práticas foram entretanto comprados pela Mayer-Kuvert) colaboraram com as investigações, beneficiaram de reduções nas multas aplicadas entre 10% e 50%.

Além disso, uma vez que todas as empresas concordaram em resolver o caso com a comissão e assumiram a responsabilidade, as multas foram reduzidas em 10% cada.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório