Meteorologia

  • 24 JULHO 2024
Tempo
37º
MIN 20º MÁX 37º

"Vários milhares" de ucranianos na Polónia inscreveram-se na Legião Ucraniana

O ministro polaco dos Negócios Estrangeiros, Radoslaw Sikorski, informou hoje, em Washington, que "vários milhares" de voluntários já se inscreveram para combater na chamada Legião Ucraniana, formada por cidadãos ucranianos residentes na Polónia.

"Vários milhares" de ucranianos na Polónia inscreveram-se na Legião Ucraniana
Notícias ao Minuto

13:17 - 11/07/24 por Lusa

Mundo Ucrânia

"Estamos a começar a preparar a primeira brigada de voluntários ucranianos. Na Polónia, temos cerca de um milhão de ucranianos de ambos os sexos e vários milhares já se inscreveram para participar neste projeto", afirmou o governante, à margem da cimeira da NATO que decorre na capital norte-americana.

 

A chamada Legião Ucraniana faz parte do acordo de segurança ratificado há alguns dias pelo primeiro-ministro polaco, Donald Tusk, e pelo Presidente ucraniano, Volodymyr Zelenski, durante a visita deste último a Varsóvia.

Sikorski sublinhou existir interesse entre a comunidade ucraniana na Polónia em ajudar na linha da frente, embora "não queiram ser enviados para combater sem a formação e o equipamento adequados".

A formação dos voluntários estará a cargo da Polónia, segundo Sikorski, que encorajou outros países europeus a implementar a iniciativa com vista a reforçar as fileiras ucranianas numa altura de escassez de tropas para combater os russos.

O destacamento também está aberto à possibilidade de voluntários estrangeiros, referiu o ministro, citado pela agência noticiosa PAP.

O ministro da Defesa ucraniano, Rustem Umerov, apelou a outros ucranianos que vivem na Europa para se juntarem à iniciativa polaca.

"A vossa contribuição para a nossa luta pela liberdade e independência é incalculável. Cada passo aproxima-nos da vitória", argumentou.

Leia Também: Tribunal russo rejeita recurso de opositor preso por criticar invasão

Recomendados para si

;
Campo obrigatório