Meteorologia

  • 25 JULHO 2024
Tempo
25º
MIN 19º MÁX 27º

Dezesseis insetos aprovados como alimento em Singapura. Conheça a lista

De acordo com a Agência de Alimentos de Singapura (SFA), todos estes insetos têm de ser produzidos num ambiente seguro e em condições higiénicas e não na natureza.

Dezesseis insetos aprovados como alimento em Singapura. Conheça a lista
Notícias ao Minuto

23:41 - 10/07/24 por Notícias ao Minuto

Mundo Cingapura

Dezesseis espécies de insetos, incluindo grilos, gafanhotos e bichos-da-seda, foram aprovadas como alimento e comprovadas como sendo seguras para consumo humano em Singapura, informou a Agência de Alimentos (SFA), na segunda-feira.

"Com efeito imediato, a SFA permitirá a importação de insetos e produtos de insetos pertencentes a espécies que foram avaliadas como de baixa preocupação regulatória", afirmou a agência, num comunicado endereçado a comerciantes de alimentos processados e de ração animal, citado pelo Times Of India.

Segundo a SFA, "insetos e produtos de insetos podem ser usados ​​para consumo humano ou como ração animal para animais produtores de alimentos".

De acordo com a nota, os insetos aprovados pela SFA como géneros alimentícios incluem:

  • o grilo doméstico;
  • o grilo com bandas;
  • o grilo comum;
  • o grilo de duas manchas;
  • o gafanhoto migratório africano;
  • o gafanhoto do deserto americano;
  • o gafanhoto;
  • o super verme;
  • o verme da farinha;
  • o verme da farinha menor;
  • a traça-da-cera menor;
  • a traça-da-cera maior;
  • a traça-da-seda/verme da seda;
  • a larva branca;
  • a larva do escaravelho gigante do rinoceronte;
  • a abelha melífera ocidental.

O grilo doméstico (Acheta domesticus) é uma espécie de grilo que se encontra habitualmente em casas e outros edifícios. Os grilos domésticos são castanhos claros com três faixas escuras na cabeça. Têm antenas longas, patas traseiras grandes para saltar e asas que ficam planas no dorso.

O gafanhoto migratório africano (Locusta migratoria migratorioides) é uma subespécie do gafanhoto migratório e é conhecido pelo seu potencial para formar enxames maciços que podem causar danos significativos na agricultura. Estes gafanhotos são tipicamente verdes ou castanhos, com um corpo robusto caraterístico e asas longas. As ninfas (saltadores) não têm asas e passam por várias mudas antes de se tornarem adultas.

Além disso, as larvas brancas são o estádio larvar de várias espécies de escaravelhos, principalmente da família dos escaravelhos (Scarabaeidae). São conhecidas por causarem danos em relvados, jardins e culturas, alimentando-se das raízes das plantas.

A traça-da-cera (Galleria mellonella) é uma espécie de traça conhecida pelas suas larvas, que são pragas notórias das colmeias de abelhas.

A larva do escaravelho rinoceronte gigante é a fase larvar de várias espécies de escaravelhos rinocerontes, que pertencem à família Scarabaeidae. Estes escaravelhos são conhecidos pelo seu grande tamanho e pelas estruturas distintivas semelhantes a cornos que se encontram nos machos.

De acordo com a SFA, todos estes insetos têm de ser produzidos num ambiente seguro e em condições higiénicas e não na natureza. Além disso, será exigida uma prova documental para demonstrar que estes insetos são cultivados em instalações regulamentadas pela autoridade competente.

Também foi comunicado que serão seguidas normas de segurança rigorosas para o manuseamento destes insetos, tanto nas cozinhas como nas indústrias de pré-embalados, incluindo a aposição de rótulos adequados sobre a origem dos insetos.

Notícias ao Minuto
© Agência de Alimentos de Singapura

Leia Também: ASAE apreende alimentos à base de gafanhotos, grilos e larvas

Recomendados para si

;
Campo obrigatório