Meteorologia

  • 15 JULHO 2024
Tempo
22º
MIN 18º MÁX 26º

Japão entrega à Ucrânia máquinas de desminagem

O Governo do Japão anunciou hoje a entrega à Ucrânia de equipamento para a remoção de minas colocadas pelo exército russo e munições não detonadas.

Japão entrega à Ucrânia máquinas de desminagem
Notícias ao Minuto

07:12 - 10/07/24 por Lusa

Mundo Ucrânia

O equipamento foi entregue, numa cerimónia em Kyiv, como parte de um pacote de medidas anunciado, na semana passada, pelo Ministério das Relações Exteriores japonês, para "apoiar a remoção de minas terrestres no estrangeiro", indicou a diplomacia nipónica, em comunicado.

Tóquio forneceu ao Serviço Estatal de Emergência da Ucrânia (SESU) quatro máquinas desenvolvidas pela empresa japonesa Nikken para desminagem, já utilizadas em países como o Camboja e o Afeganistão.

O Japão prestou também formação operacional ao pessoal do SESU, antes de entregar os equipamentos, explicou, na mesma nota, a diplomacia nipónica.

Ao todo, o Japão tem previsto fornecer à Ucrânia 20 dispositivos ao longo deste ano, bem como outras tecnologias, incluindo "detetores de minas" e "um sistema baseado em inteligência artificial para prever áreas onde minas possam ter sido enterradas", noticiou o diário Japan Times.

O pacote de ajuda japonês inclui também assistência para ensinar as pessoas a evitar as minas terrestres e apoio às vítimas de explosões.

A primeira entrega de material estava prevista para segunda-feira, mas os ataques russos nesse dia obrigaram ao adiamento.

"A remoção de minas e engenhos por explodir não só é essencial para garantir a segurança dos residentes, como é também um pré-requisito para a recuperação e reconstrução, indispensável para reconstruir meios de subsistência, agricultura e indústria", de acordo com o comunicado do Ministério.

"O Japão vai continuar a apoiar a população da Ucrânia, que está a enfrentar dificuldades, em cooperação com a comunidade internacional, incluindo os membros do G7 [grupo dos sete países mais industrializados do mundo], concluiu.

Leia Também: Portugal compromete-se com ajuda à Ucrânia de 220 milhões este ano e em 2025

Recomendados para si

;
Campo obrigatório