Meteorologia

  • 19 JULHO 2024
Tempo
19º
MIN 19º MÁX 32º

Ucrânia: Entrega de lucros de bens russos congelados aceite por ministros da UE

Os países da União Europeia (UE) chegaram hoje a acordo sobre a disponibilização à Ucrânia de 1.400 milhões de euros, no próximo mês, provenientes dos rendimentos de ativos financeiros russos congelados, anunciou o chefe da diplomacia europeia.

Ucrânia: Entrega de lucros de bens russos congelados aceite por ministros da UE
Notícias ao Minuto

18:39 - 24/06/24 por Lusa

Mundo Ucrânia

"Os ministros [dos Negócios Estrangeiros] chegaram hoje a um acordo sobre um quadro para a utilização dos lucros inesperados de bens russos imobilizados [em território europeu] e a sua alocação ao Mecanismo Europeu de Apoio à Paz [MEAP]", disse Josep Borrell, em conferência de imprensa no final de uma reunião no Luxemburgo.

Os primeiros 1.400 milhões de euros vão estar disponíveis já em julho e estão previstos "mais mil milhões de euros até ao final do ano", acrescentou.

Este dinheiro vai ser utilizado para o fornecimento de munições e armamento para ajudar a Ucrânia a debelar a invasão russa, que dura há quase dois anos e meio.

O alto-representante da UE para os Negócios Estrangeiros e Política de Segurança revelou que estes lucros inesperados são para utilização "o mais rápido possível" e "para benefício da Ucrânia".

Mas "ainda há um país que está a bloquear a utilização de 6.000 milhões de euros", referiu, aludindo à oposição da Hungria: "Como não quis participar [...], também não participa na decisão de como utilizar o dinheiro".

Leia Também: Cerca de 800 dos 200 mil menores deportados pela Rússia foram devolvidos

Recomendados para si

;
Campo obrigatório