Meteorologia

  • 12 JULHO 2024
Tempo
25º
MIN 16º MÁX 27º

Tribunal bielorrusso sentencia oposicionista a 20 anos por traição

Um tribunal na Bielorrússia sentenciou à revelia uma figura destacada da oposição, a viver no exílio, a 20 anos, na que é mais recente manifestação da repressão dos opositores.

Tribunal bielorrusso sentencia oposicionista a 20 anos por traição
Notícias ao Minuto

23:35 - 21/06/24 por Lusa

Mundo Bielorrússia

O tribunal, na capital Minsk, sentenciou na quinta-feira Franak Viachorka, um assessor da líder oposicionista Svitalana Tsikhanouskaya, depois de o considerar culpado de traição e insultos ao presidente.

Viachorka vive em Vilnius, a capital da Lituânia, para onde muitas figuras da oposição, incluindo Tsikhanouskaya, se deslocaram depois das eleições presidenciais de 2020, nas quais Tsikhanouskaya concorreu contra o incumbente Alexander Lukashenko.

Este, que está no cargo desde 1994, foi declarado vencedor, mas o resultado foi visto de forma geral como falsificado.

A oposição e o Ocidente contestaram a reeleição de Lukashenko e denunciaram o voto como manipulado.

Os resultados causaram meses de protesto, inéditos na dimensão e duração

A polícia prendeu mais de 35 mil pessoas.

Oposicionistas que ficaram no país foram detidos, como o Prémio Novel da Paz, Ales Bialiatski, fundador de uma organização de defesa dos direitos humanos.

Leia Também: Bielorrússia? Governante polaco diz que "é assim que guerras começaram"

Recomendados para si

;
Campo obrigatório