Meteorologia

  • 14 JULHO 2024
Tempo
23º
MIN 15º MÁX 26º

EUA sancionam cartel mexicano acusado de tráfico de drogas e migrantes

O Governo norte-americano anunciou hoje sanções contra oito pessoas associadas a um cartel de droga mexicano, acusado de tráfico de fentanil, cocaína e metanfetaminas, mas também de realizar o contrabando de migrantes do México para os Estados Unidos.

EUA sancionam cartel mexicano acusado de tráfico de drogas e migrantes
Notícias ao Minuto

06:28 - 21/06/24 por Lusa

Mundo EUA

"Os líderes que visamos cometeram atos hediondos, desde o controlo das rotas de droga, ao tráfico de armas, ao branqueamento de capitais e ao homicídio", vincou a secretária do Tesouro dos EUA, Janet Yellen, durante uma viagem a Atlanta (sul) onde anunciou sanções aos membros do cartel La Nueva Familia Michoacana.

"As nossas sanções impedirão que os líderes dos cartéis tenham acesso ao dinheiro obtido de forma ilícita e tornarão mais difícil para conseguirem trazer fentanil mortal para as nossas ruas", acrescentou.

As medidas tomadas pelo Gabinete de Controlo de Ativos Estrangeiros (OFAC) do Departamento do Tesouro visam reprimir uma rede conhecida por enviar drogas ilícitas do México através da fronteira sul dos EUA para Dallas e Houston, Texas, bem como para outras cidades como Chicago e Atlanta, realçou ainda Yellen.

As sanções visam os líderes da organização, bem como os principais operacionais que, segundo o Tesouro norte-americano, estiveram significativamente envolvidos e incentivaram o comércio ilícito de drogas.

"Desde 2000, mais de um milhão de pessoas morreu nos Estados Unidos devido a overdoses de drogas", sublinhou a secretária do Tesouro de Joe Biden, realçando que "o fentanil e outros opiáceos sintéticos representam a grande maioria" destas mortes.

O cartel La Nueva Familia Michoacana também é conhecido pelas suas atividades de tráfico de pessoas, apresentando, por exemplo, fotos e vídeos de migrantes falsamente ameaçados de serem assassinados, para depois poderem solicitar asilo nos Estados Unidos.

"Em troca deste serviço, os indivíduos pagam dinheiro à La Nueva Familia Michoacana", detalhou ainda o Tesouro.

O cartel "também é conhecido por forçar pessoas a entrar ilegalmente nos Estados Unidos com drogas" para serem vendidas.

Se estes indivíduos recusarem, "são informados de que eles e as suas famílias serão mortos", frisou ainda o Tesouro.

Além destas medidas, o Departamento do Tesouro também emitiu um comunicado para ajudar as instituições financeiras dos EUA a detetar sinais da cadeia de abastecimento ilícita de fentanil.

Leia Também: Sobe para quatro o número de mortos no México após passagem de tempestade

Recomendados para si

;
Campo obrigatório