Meteorologia

  • 14 JULHO 2024
Tempo
24º
MIN 15º MÁX 26º

Aprovação de Biden é negativa em 45 estados mas sondagens dão-lhe vitória

A taxa de aprovação do Presidente norte-americano, Joe Biden, é agora negativa em 45 estados, segundo dados da Morning Consult, mas as sondagens agregadas pela empresa mostram o democrata à frente de Donald Trump nas intenções de voto nacionais. 

Aprovação de Biden é negativa em 45 estados mas sondagens dão-lhe vitória
Notícias ao Minuto

19:28 - 19/06/24 por Lusa

Mundo Presidenciais

Apenas na Califórnia, Maryland, Massachusetts, Nova Iorque e Washington a taxa de aprovação de Biden é maior que a desaprovação, o que dá saldos positivos entre 1 e 8 pontos, de acordo com os dados publicados esta semana.

Nos restantes estados, a popularidade do Presidente democrata e recandidato a um segundo mandato está em terreno negativo, nalguns casos com saldos negativos extremos de -63 pontos (caso do Wyoming).

"Isto marca uma grande mudança desde o início do seu mandato, quando apenas em 18 estados os eleitores eram mais propensos a desaprovar que a aprovar o desempenho", explicaram os analistas Eli Yokley e Cameron Easley sobre os números. 

Ainda assim, a impopularidade de Biden diminuiu desde fevereiro nos chamados "Swing States", estados críticos para o desfecho das presidenciais onde o resultado é incerto.

A melhoria mais evidente aconteceu no Wisconsin, onde a aprovação subiu de 36% para 40% e a desaprovação desceu de 60% para 56%.

Movimentos nestes estados são importantes devido às margens muito curtas da votação esperada no democrata Joe Biden e no seu oponente republicano Donald Trump.

Apesar de estar no vermelho em termos de popularidade, Biden vai na frente das intenções de voto por um ponto percentual.

As últimas duas sondagens da Morning Consult viraram a tendência e dão-lhe 44% contra os 43% de Trump, havendo 8% de eleitores que vão votar noutro candidato e 5% de indecisos. 

Os mesmos dados mostram uma polarização quase idêntica dos eleitores nos dois lados: 87% dos democratas vão votar em Biden e 88% dos republicanos vão votar em Trump. As trocas de lado também são espelhadas, com 6% dos democratas a dizer que vão votar em Trump e 5% dos republicanos com intenção de votar em Biden. 

Estas percentagens são similares quando se olha para aqueles que votaram num dos dois candidatos em 2020. Dos anteriores eleitores de Biden, 85% vão votar no candidato novamente e 4% vão votar no opositor Donald Trump. Dos anteriores eleitores de Trump, 89% vão voltar a escolhê-lo e 3% vão passar para o outro lado e votar em Biden. 

No que toca a independentes, 35% estão ao lado de Biden e 37% ao lado de Trump. Há 18% com intenção de escolher um candidato alternativo, como Robert F. Kennedy Jr., e 11% estão indecisos. 

Os dois principais candidatos vão encontrar-se para o primeiro debate da campanha a 27 de junho, em Atlanta, com moderação da CNN.

Estamos a menos de cinco meses das eleições presidenciais, que vão decorrer a 05 de novembro de 2024. 

Leia Também: EUA aprovam venda de 'drones' de combate e mísseis a Taiwan

Recomendados para si

;
Campo obrigatório