Meteorologia

  • 17 JULHO 2024
Tempo
28º
MIN 16º MÁX 29º

Alimentação no Reino Unido: Crianças com mais peso e mais doentes

Os ativistas da instituição de caridade The Food Foundation apelaram ao próximo governo para que tome medidas para "inverter a atual trajetória" e alertaram para o facto de que, se não o fizer, poderá aumentar a pressão sobre o SNS.

Alimentação no Reino Unido: Crianças com mais peso e mais doentes
Notícias ao Minuto

10:23 - 19/06/24 por Notícias ao Minuto

Mundo Reino Unido

As crianças no Reino Unido estão a ficar mais baixas, com mais peso e mais doentes devido aos "níveis chocantes" de pobreza e privação alimentar, de acordo com um novo relatório. 

A organização de beneficência The Food Foundation também culpou a "promoção agressiva de comida de plástico barata" pela deterioração da saúde e do bem-estar das crianças.

Segundo a Sky News, o relatório afirma que a altura média das crianças de cinco anos tem diminuído ano após ano desde 2013 e que os rapazes e raparigas do Reino Unido são os mais baixos e os segundos mais baixos em comparação com outros países de elevado rendimento, com base em dados da Colaboração para os Fatores de Risco das Doenças Não Transmissíveis - uma rede de cientistas da saúde.

A obesidade entre os jovens dos 10 aos 11 anos também aumentou 30% desde 2006, sendo que uma em cada cinco crianças é considerada obesa quando sai da escola primária, segundo o relatório, que cita dados do Programa Nacional de Medição Infantil.

As doenças relacionadas com a alimentação, como a diabetes tipo 2, também registaram um aumento nas pessoas com menos de 25 anos, com um aumento de 22% nos últimos cinco anos, afirma a Food Foundation, utilizando dados da Auditoria Nacional da Diabetes 2021-2022.

Os ativistas da instituição afirmaram que a crise do custo de vida agravou o problema e apelaram à ação do próximo governo para "inverter a atual trajetória".

Segundo a organização, a falta de ação "conduzirá a uma geração sobrecarregada ao longo da vida por doenças relacionadas com a alimentação e pelas consequências que daí advêm", incluindo para a saúde mental e o serviço nacional de saúde.

Leia Também: Quatro alimentos que as pessoas com hipertensão devem evitar ao máximo

Recomendados para si

;
Campo obrigatório