Meteorologia

  • 17 JULHO 2024
Tempo
19º
MIN 16º MÁX 29º

Bolívia disponível para mediar transporte de gás argentino para o Brasil

O presidente da petrolífera estatal boliviana (YPFB), Armin Dorgathen, anunciou hoje que a Bolívia pode transportar o gás natural da Argentina para o Brasil, garantindo que o país andino tem um sistema consolidado e "sem concorrência".

Bolívia disponível para mediar transporte de gás argentino para o Brasil
Notícias ao Minuto

06:37 - 19/06/24 por Lusa

Mundo Diplomacia

Durante uma conferência de imprensa em La Paz, Dorgathen disse que "a partir de outubro, a Bolívia pode transportar três milhões de metros cúbicos por dia (mmc/d) de gás argentino para o mercado brasileiro".

O gestor da YPFB Transporte, Oscar Guzmán, adiantou na ocasião que o país pode assegurar "uma solução imediata, eficiente e concorrencial para poder transportar esse gás".

O presidente da YPFB esclareceu que a oferta de arrendar as instalações à Argentina para exportação para o Brasil ainda não tinha sido aceite.

Acrescentou também que a Bolívia tem a capacidade de enviar, em primeira instância, três mmc/d e aumentar paulatinamente para os 20 mmc/d, sempre e quando o interesse dos Estados vizinhos aumentar.

Nas últimas duas décadas, o gás natural foi o produto estrela da exportação de Bolívia e o sustento do seu crescimento económico, com Brasil e Argentina como principais mercados, mas nos últimos anos registou-se uma baixa da produção e das receitas.

Informação oficial boliviana, datada de dezembro último, quantifica a produção de gás natural em 56,6 mmc/d em 2016, que originou uma renda de 1.633,99 milhões de euros, e de 31,9 mmc/d em 2023, que permitiram o encaixe de 1.906,79 milhões de euros.

Leia Também: Parlamento da Bolívia demite líderes dos órgãos judiciais em sessão polémica

Recomendados para si

;
Campo obrigatório