Meteorologia

  • 17 JULHO 2024
Tempo
20º
MIN 16º MÁX 29º

EUA criticam "imprudência" da China contra Filipinas após embate no mar

Os Estados Unidos (EUA) consideraram hoje imprudentes e injustificadas as ações de Pequim contra as Filipinas numa zona disputada do Mar da China Meridional, onde um navio filipino e uma embarcação da guarda costeira chinesa colidiram.

EUA criticam "imprudência" da China contra Filipinas após embate no mar
Notícias ao Minuto

20:32 - 17/06/24 por Lusa

Mundo EUA

"Este tipo de comportamento é provocativo, imprudente e desnecessário. E poderia levar a mal-entendidos e erros de cálculo que podem resultar em algo muito maior e muito mais violento", disse aos jornalistas o porta-voz do Conselho de Segurança Nacional da Casa Branca, John Kirby.

A Guarda Costeira chinesa indicou que a sua embarcação "tomou medidas de controlo" contra o navio filipino, que na sua opinião tinha acedido "ilegalmente" às águas do atol 'Second Thomas Shoal' (ilhas Spratly), sobre o qual ambos os países mantêm reivindicações territoriais.

Já as Filipinas acusaram os navios chineses de "manobras perigosas" e de colocarem "em perigo a vida" de elementos da força operacional de Manila, além de terem "danificado" embarcações.

As Filipinas já tinham rejeitado as acusações "enganosas e falsas" feitas pela guarda costeira da China, depois de Pequim ter garantido que um navio filipino ignorou os avisos chineses e causou a colisão.

As tensões entre a China e as Filipinas aumentaram desde a chegada ao poder de Ferdinand Marcos Jr. em 2022, o Presidente filipino que reforçou a sua aliança militar com os Estados Unidos e expandiu o acesso às suas bases para as tropas norte-americanas, incluindo algum acesso estratégico ao Mar da China ou à ilha autónoma de Taiwan.

Leia Também: Filipinas acusam chineses de "manobras perigosas" no Mar do Sul da China

Recomendados para si

;
Campo obrigatório