Meteorologia

  • 13 JULHO 2024
Tempo
16º
MIN 15º MÁX 25º

UE. Travessias irregulares de fronteiras recuam 23% entre janeiro e maio

O número de travessias irregulares das fronteiras da União Europeia (UE) recuou 23% para cerca de 80 mil entre janeiro e maio face ao período homólogo, mas a rota da África Ocidental cresceu 303%, divulga hoje a Frontex.

UE. Travessias irregulares de fronteiras recuam 23% entre janeiro e maio
Notícias ao Minuto

11:52 - 14/06/24 por Lusa

Mundo União Europeia

A rota do Mediterrâneo Central (para Itália) teve um recuo homólogo de 58%, para as 31.330 travessias irregulares e a dos Balcãs Ocidentais caiu 71%, para as 8.931.

A rota migratória da África Ocidental (para as ilhas Canárias, Espanha), por outro lado, apresentou a maior subida, de 303%, para as 17.976 travessias intercetadas, o total mais elevado para este período desde que a Agência Europeia da Guarda de Fronteiras e Costeira começou a recolher dados, em 2011.

As travessias irregulares no Mediterrâneo Oriental (nomeadamente para a Grécia) aumentaram 103% para as 21.773 e no Mediterrâneo Ocidental (para Espanha) cresceram 24%, para as 5.186.

A Síria, o Mali e o Afeganistão são os três principais países de origem entre janeiro e maio.

Leia Também: Taxa de emprego na UE sobe para 75,7% no 1.º trimestre

Recomendados para si

;
Campo obrigatório