Meteorologia

  • 22 JUNHO 2024
Tempo
14º
MIN 14º MÁX 27º

Islândia autoriza caça à baleia (sob críticas de grupos ambientalistas)

O governo da Islândia concedeu hoje uma autorização para caçar 128 baleias à Hvalur, a única empresa baleeira da pequena nação insular, sob fortes críticas de grupos ambientalistas.

Islândia autoriza caça à baleia (sob críticas de grupos ambientalistas)
Notícias ao Minuto

23:49 - 11/06/24 por Lusa

Mundo Islândia

A ministra da Alimentação, Bjarkey Olsen Gunnarsdóttir, anunciou a atualização no final de uma reunião do Conselho de Ministros, informou a estação pública islandesa, RÚV.

A decisão não se alinha com o seu ponto de vista ou do seu partido, disse a ministra, do Movimento de Esquerda Verde, masi sublinhou que está obrigada a cumprir a lei e as regulações existentes.

A autorização em causa é válida para a temporada de 2024 e autoriza a caça de 99 baleias na região da Groenlândia / Islândia Ocidental e de outras 29 na região Islândia Oriental / Ilhas Faroé.

A Associação de Bem-Estar Animal da Islândia expressou a sua deceção com a decisão.

Há um ano, a então ministra da Alimentação, Svandís Svavarsdóttir, suspendeu a temporada de caça um dia antes do sue início, seguindo a opinião de um conselho profissional de peritos em bem-estar animal.

Posteriormente, a decisão foi considerada que violava disposições legais, autorizando-se uma nova temporada de caça, de agosto até dezembro.

O tema já motivou inclusive uma declaração do ator norte-americano Leonardo di Caprio, que solicitou ao governo islandês, na rede social Instagram, que apoiasse "a vontade da maioria dos islandeses, que quer acabar de vez com a caça à baleia".

Islândia, Noruega e Japão são os únicos países que praticam a caça comercial da baleia.

A espécie de baleia que é caçada na Islândia [baleia-comum] está em vias de extinção.

Leia Também: Japão quer alargar caça comercial da baleia (a uma espécie maior)

Recomendados para si

;
Campo obrigatório