Meteorologia

  • 18 JUNHO 2024
Tempo
18º
MIN 16º MÁX 21º

Audiência do recurso da extradição de Assange para os EUA ocorre em julho

No mês passado o Tribunal Superior de Londres permitiu que o australiano apresentasse um novo recurso.

Audiência do recurso da extradição de Assange para os EUA ocorre em julho
Notícias ao Minuto

17:21 - 11/06/24 por Notícias ao Minuto

Mundo Assange

O Tribunal Superior de Londres avaliará o recurso do fundador do WikiLeaks, Julian Assange, contra a sua extradição do Reino Unido para os Estados Unidos no próximo mês, foi esta terça-feira conhecido.

A audiência ocorrerá nos dias 9 e 10 de julho, segundo disse um porta-voz da Justiça britânica à agência Reuters.

Saliente-se que, no mês passado, o Tribunal Superior de Londres permitiu que o australiano apresentasse um novo recurso, depois de ter argumentado que poderá não ter direito a liberdade de expressão num julgamento nos Estados Unidos.

Já em março, o tribunal considerou válidos três dos nove argumentos apresentados pela defesa de Assange contra a extradição e exigiu mais garantias às autoridades norte-americanas.

Os juízes deram aos EUA três semanas para apresentarem "garantias satisfatórias" que Assange poderia invocar a Primeira Emenda da Constituição, que protege a liberdade de expressão, e que teria os mesmos direitos que um cidadão norte-americano. O tribunal também pediu garantias de que não seria aplicada a pena de morte.

Recorde-se que os Estados Unidos querem julgar Julian Assange por 18 crimes de espionagem e de intrusão informática, devido à publicação de mais de 700 mil documentos confidenciais sobre atividades militares e diplomáticas daquele país, particularmente no Iraque e no Afeganistão, desde 2010.

Entre os documentos estava um vídeo que mostrava um helicóptero de combate norte-americano a disparar sobre civis em julho de 2007, resultando em mais de uma dezena de mortos, incluindo dois jornalistas da agência de notícias Reuters.

De acordo com a Lei de Espionagem dos EUA de 1917 invocada pelas autoridades norte-americanas, Assange pode ser condenado até 175 anos de prisão.

Leia Também: Primeiro-ministro da Austrália pede libertação de Julian Assange

Recomendados para si

;
Campo obrigatório