Meteorologia

  • 22 JUNHO 2024
Tempo
14º
MIN 14º MÁX 27º

Quatro palestinianos mortos em incursão militar israelita na Cisjordânia

Quatro palestinianos foram hoje mortos e oito feridos numa nova incursão militar israelita na localidade de Kafr Nima, arredores de Ramallah, na Cisjordânia ocupada, afirmaram as autoridades palestinianas.

Quatro palestinianos mortos em incursão militar israelita na Cisjordânia
Notícias ao Minuto

22:51 - 10/06/24 por Lusa

Mundo Médio Oriente

O ministério da Saúde palestiniano informou que entre os mortos se incluem Mohamed Raslan Abdo, Mohamed Yaber Abdo e Rushdi Sami Ataya. A quarta vítima não foi até ao momento identificada.

No decurso da incursão militar, as forças israelitas dispararam contra um automóvel perto de Kafr Nima e feriram várias pessoas. Pouco depois, os militares israelitas entravam na localidade.

Organizações palestinianas convocaram uma greve geral em Ramallah e arredores durante o dia de hoje, em protesto pelas mortes. A greve inclui o encerramento de escolas e do comércio.

O conflito em curso na Faixa de Gaza foi desencadeado pelo ataque do grupo islamita Hamas em solo israelita de 07 de outubro de 2023, que causou cerca de 1.200 mortos e duas centenas de reféns, segundo as autoridades israelitas.

Desde então, Telavive lançou uma ofensiva na Faixa de Gaza que até ao momento provocou mais de 36.500 mortos e 82.000 feridos segundo o Hamas, classificado como "organização terrorista" por Israel, União Europeia e Estados Unidos.

Calcula-se ainda que 10.000 palestinianos permanecem soterrados nos escombros após cerca de oito meses de guerra, que também está a desencadear uma grave crise humanitária.

O conflito causou também quase dois milhões de deslocados, mergulhando o enclave palestiniano sobrepovoado e pobre numa grave crise humanitária, com mais de 1,1 milhões de pessoas numa "situação de fome catastrófica" que está a fazer vítimas - "o número mais elevado alguma vez registado" pela ONU em estudos sobre segurança alimentar no mundo.

Também na Cisjordânia e em Jerusalém leste, ocupados por Israel, pelo menos 510 palestinianos foram mortos pelas forças israelitas ou por ataques de colonos desde 07 de outubro.

Leia Também: Gaza e Cisjordânia enfrentam grave situação económica e laboral

Recomendados para si

;
Campo obrigatório