Meteorologia

  • 20 JUNHO 2024
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 22º

Fraude na compra de máscaras? Procuradoria Europeia assume investigação

A Procuradoria Europeia assumiu a investigação judicial sobre as denúncias de alegada fraude na compra de equipamentos médicos, incluindo máscaras de proteção, durante a pandemia de covid-19, foi hoje anunciado.

Fraude na compra de máscaras? Procuradoria Europeia assume investigação
Notícias ao Minuto

16:22 - 30/05/24 por Lusa

Mundo Espanha

Num comunicado citado pela agência Efe, a Procuradoria Europeia (EPPO, na sigla inglesa), refere que o procurador delegado em Madrid iniciou em 04 de março investigações "sobre uma possível fraude relacionadas com contratos públicos adjudicados pelas autoridades de saúde das ilhas Baleares e Canárias a uma única empresa para a compra de equipamentos médicos, incluindo máscaras de proteção, durante a pandemia de covid-19".

A EPPO sinalizou ter assumido a investigação daquele que ficou conhecido como o "Caso Koldo", que esteve até agora a ser investigado pela Audiência Nacional (uma das entidades que, tal como o Supremo Tribunal, tem jurisdição sobre todo o território nacional) e que está relacionado com a adjudicação de vários contratos de máscaras de proteção a uma empresa.

Este caso tem como um dos principais arguidos Koldo García, ex-assessor do ex-ministro dos Transportes e do Fomento do José Luis Abalos, do PSOE.

Depois de ter solicitado informações ao juiz e percebido que um daqueles contratos envolve financiamentos com fundos europeus, a Procuradoria Europeia aceitou "assumir a investigação conjunta de todos os contratos adjudicados por várias entidades públicas à mesma empresa num curto período de tempo".

A EPPO, um órgão independente da UE responsável pela investigação de fraudes contra o orçamento da união e outros crimes que afetem os interesses financeiros europeus.

Leia Também: PJ faz buscas na Câmara de Cascais devido a fábrica de máscaras Covid

Recomendados para si

;
Campo obrigatório