Meteorologia

  • 24 JUNHO 2024
Tempo
23º
MIN 17º MÁX 29º

Instituição acusa museu de não saber manusear múmias após queda de braço

Aconteceu no México. Múmias em questão já foram tema de discussão, por várias vezes, entre o INAH e o estado de Guanajuato.

Instituição acusa museu de não saber manusear múmias após queda de braço
Notícias ao Minuto

13:17 - 28/05/24 por Notícias ao Minuto

Mundo México

A principal agência arqueológica do México acusou o estado de Guanajuato de não ser cuidadoso com as múmias do século XIX expostas num dos seus museus, depois do braço de um dos corpos mumificados ter "caído", durante uma reestruturação do edifício.

De acordo com o Independent, o Instituto Nacional de Antropologia e História (INAH) do país pede agora respostas ao governo de Guanajuato.

O INAH vai ainda solicitar registos das obras, licenças e os nomes dos funcionários envolvidos.

"Este incidente confirma que a forma como o acervo do Museu de Múmias de Guanajuato foi movimentado não é a correta e que os responsáveis não conservaram as múmias de forma correta", escreveu o INAH num comunicado enviado às redações mexicanas e citado agora pelo Independent.

Na mesma nota, o instituto realçou que "esta situação está relacionada com a falta de conhecimento sobre os protocolos adequados e a falta de formação do pessoal encarregado de realizar estas tarefas".

A guerra entre o INAH e a cidade de Guanajuato não é de agora. O instituto defende ter jurisdição sobre as múmias porque considera que estas são "património nacional" e que Guanajuato as usa apenas como "atração turística", levando-as para "feiras de turismo há décadas", inclusive, em 2009, para os EUA.

Há um tempo, o INAH mostrou ainda preocupação com os "riscos biológicos" que a exposição das múmias, sem as devidas salvaguardas, podem acarretar para o público.

Leia Também: Calor aumenta mortes de macacos (e atinge pássaros e morcegos) no México

Recomendados para si

;
Campo obrigatório