Meteorologia

  • 14 JUNHO 2024
Tempo
18º
MIN 15º MÁX 26º

Netanyahu pede investigação sobre incidentes com judeus ortodoxos

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu pediu à polícia que investigue os atos de violência contra judeus ultra ortodoxosdurante o feriado religioso Lag Ba'Omer, no sábado. 

Netanyahu pede investigação sobre incidentes com judeus ortodoxos
Notícias ao Minuto

10:30 - 27/05/24 por Lusa

Mundo Israel

Os incidentes ocorreram quando os judeus ultra ortodoxos tentavam deslocar-se ao Monte Meron, no norte de Israel, para celebrar o feriado religioso, apesar das proibições que tinham sido estabelecidas pelas autoridades. 

"Ontem à noite [domingo] vi as imagens do Monte Meron que nos chocaram a todos", disse Netanyahu.

"Espero que a polícia investigue o caso para evitar danos desnecessários aos civis e apelo aos cidadãos israelitas para respeitarem a lei e sigam as ordens das forças de segurança", concluiu.

Entre sábado e domingo, milhares de fiéis deslocaram-se ao Monte Meron para visitar o túmulo do rabino Shimon Bar Yochai, local de peregrinação onde os hereditas (ultra ortodoxos) celebram a festa do Lag Ba'Omer e que no ano passado contou com a presença de mais de 250 mil pessoas.

Este ano, as constantes trocas de fogo de artilharia entre Israel e o Hezbollah junto à fronteira com o Líbano levaram as autoridades a impedir o acesso à zona por razões de segurança, mas mesmo assim milhares de pessoas compareceram, provocando tensões com a polícia.

"Começaram os tumultos violentos, incluindo o arremesso de objetos contra os agentes da polícia, bem como a resistência às autoridades", disse a polícia israelita no sábado à noite.

Nas redes sociais israelitas, tornaram-se virais imagens de hereditas feridos nos confrontos com a polícia, incluindo um idoso ensanguentado numa cadeira de rodas e um polícia que empurrou outro idoso para o chão.

Netanyahu apelou ao cumprimento da lei e a uma investigação sobre o uso da violência contra os ultra ortodoxos, de quem o governo de coligação depende em virtude de uma aliança com o partido Judaísmo Unido.

Este ano, a festa judaica de Lag Ba'Omer, que começou no sábado à noite, foi celebrada no bairro de Sheikh Jarrah, Jerusalém Oriental, ocupada por Israel.

Em outras zonas do país, os judeus hereditas comemoraram o feriado queimando centenas de toneladas de material combustível, incluindo madeira e plásticos, em fogueiras gigantes que representam a luz que o rabino Bar Yochai supostamente introduziu no mundo através dos ensinamentos expressos no Livro do Zohar ("Esplendor" - Cinco livros de Moisés) 

Os hereditas são comunidades conservadoras que seguem a Halachá (Lei Judaica).

Leia Também: Parlamento da Liga Árabe, Jordânia e Egito condenam ataque em Rafah

Recomendados para si

;
Campo obrigatório