Meteorologia

  • 24 JUNHO 2024
Tempo
22º
MIN 17º MÁX 29º

Espanha entregará pacote de armamento sem precedentes à Ucrânia

Espanha vai entregar à Ucrânia um pacote de armamento no valor de 1,129 mil milhões de euros, sem precedentes na ajuda militar espanhola a qualquer país, noticia o El País na primeira página da sua edição de segunda-feira.

Espanha entregará pacote de armamento sem precedentes à Ucrânia
Notícias ao Minuto

23:35 - 26/05/24 por Lusa

Mundo Guerra na Ucrânia

O Presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, vai reunir-se segunda-feira em Madrid com o chefe do Governo espanhol, Pedro Sánchez, com quem deverá assinar um acordo bilateral de segurança, e terá um encontro com o rei antes de participar num almoço em sua honra e de visitar o Congresso, noticiou hoje a agência espanhola EFE.

Segundo o El País, citado pela EFE, o acordo bilateral de segurança inclui o fornecimento de equipamentos militares que vão desde mísseis Patriot até tanques de batalha Leopard, além de uma ampla gama de produtos de fabrico espanhol, como projéteis de artilharia, sistemas anti-drone e lançadores de foguetes portáteis.

O jornal acrescenta que o acordo envolve contratos de milhões de euros para a indústria de defesa espanhola, uma vez que o equipamento militar será fabricado por empresas espanholas como a TRC, Indra, Escribano, Uro, Expal e Instalaza.

A visita desta segunda-feira será a primeira visita bilateral oficial de Zelensky a Espanha, embora já tenha estado em Granada em outubro passado para a cimeira da Comunidade Política Europeia, no âmbito da Presidência espanhola do Conselho da UE.

A visita, inicialmente prevista para 17 de maio, mas que teve de ser cancelada devido à ofensiva russa na Ucrânia, só foi oficialmente confirmada ao início da noite de hoje pelo Palácio Moncloa, por razões de segurança.

O executivo espanhol limitou-se a informar que Sánchez receberá o Presidente ucraniano na Moncloa às 12:00 (11:00 em Lisboa), após o que ambos comparecerão numa conferência de imprensa.

Pouco depois desta comunicação, a Casa do Rei informou que Felipe VI receberá Zelensky no Palácio Real às 14:00 (13:00 em Lisboa) e 45 minutos mais tarde terá lugar um almoço em sua honra.

Entretanto, fontes da Presidência do Congresso disseram à EFE que o presidente ucraniano visitará a Câmara dos Deputados durante a tarde.

Prevê-se que Sánchez e Zelensky assinem na Moncloa o acordo bilateral de segurança que ambos deveriam ter assinado a 17 de maio e ao qual o Presidente do Governo se referiu no Congresso na passada quarta-feira, quando garantiu que seria assinado quando as circunstâncias o permitissem.

No acordo, semelhante ao que a Ucrânia está a assinar com outros países, a Espanha compromete-se a continuar a prestar apoio militar à Ucrânia no seu conflito armado.

Sánchez tem vindo a reiterar o apoio da Espanha à Ucrânia, como confirmou a Zelensky na conversa telefónica que tiveram a 07 de maio, na qual garantiu esse apoio durante o tempo que for necessário.

Aquando da visita anunciada para 17 de maio, esteve igualmente prevista a visita do Presidente ucraniano a Portugal.

Sábado, durante uma visita à sede do Banco Alimentar Contra a Fome, em Lisboa, o Presidente, Marcelo Rebelo de Sousa, foi questionado sobre uma eventual visita do Presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, a Portugal na terça-feira.

"Eu para terça-feira só posso confirmar uma coisa: é que recebo em visita de Estado o Presidente da República Dominicana. Está marcado há muito tempo", respondeu o chefe de Estado, acrescentando: "É aquilo que está na minha agenda para terça-feira, se souberem mais do que eu, fico muito agradecido pela informação".

Leia Também: Netanyahu recusa ceder às exigências do Hamas para fim da guerra em Gaza

Recomendados para si

;
Campo obrigatório