Meteorologia

  • 12 JUNHO 2024
Tempo
16º
MIN 15º MÁX 23º

Papa pede que militares "coloquem armas ao serviço da paz e fraternidade"

O Papa Francisco pediu aos militares que "coloquem as armas ao serviço da paz e da fraternidade", numa mensagem enviada hoje por ocasião da 64.ª peregrinação militar internacional ao santuário de Lourdes, em França.

Papa pede que militares "coloquem armas ao serviço da paz e fraternidade"
Notícias ao Minuto

10:46 - 25/05/24 por Lusa

Mundo Israel/Palestina

"Caros soldados, o Papa convida-vos a levantar-vos e a caminhar com coragem e perseverança. Sejam soldados íntegros e orgulhosos de honrar o vosso uniforme, o vosso lema e a vossa pátria, mas também conscientes de fazer parte de uma família humana única, dilacerada e ferida, mas que Cristo veio redimir e salvar pela força do amor, e não pela violência das armas", lê-se na mensagem enviada pelo secretário de Estado Pietro Parolin, em nome do pontífice.

Francisco exortou os membros das forças armadas a serem "sentinelas da paz", como costumava dizer São João Paulo II.

"O mundo precisa de vós, especialmente neste momento negro da nossa história. Precisamos de homens e mulheres de fé capazes de colocar as armas ao serviço da paz e da fraternidade", acrescentou.

Na sua mensagem, o Papa entregou também "à misericórdia de Deus todos os soldados que morreram ao serviço do seu país ou em operações internacionais de defesa da paz" e enviou a sua bênção "a todos os presentes em Lourdes e às suas famílias, bem como aos soldados empenhados nas várias frentes, em missões de paz longe do seu país, e aos feridos que sofrem".

Leia Também: Israel prossegue ataques a Rafah um dia após TIJ ordenar cessar-fogo

Recomendados para si

;
Campo obrigatório