Meteorologia

  • 16 JUNHO 2024
Tempo
25º
MIN 15º MÁX 25º

Presidente de Cabo Verde lamenta morte de embaixador português

O Presidente de Cabo Verde, José Maria Neves, lamentou hoje "uma enorme perda" após a morte de Paulo Lourenço, embaixador português no arquipélago.

Presidente de Cabo Verde lamenta morte de embaixador português
Notícias ao Minuto

06:31 - 25/05/24 por Lusa

Mundo José Maria Neves

"Um homem culto, vigoroso e inovador" que "estava a pôr novos e importantes pilares nas excelentes relações entre Cabo Verde e Portugal", deixando "saudades e um vazio impreenchível", escreveu o chefe de Estado na sua página pessoal na rede social Facebook.

"Ficamos, todos nós, infinitamente mais pobres", referiu José Maria Neves, grato "pelo seu irrepreensível legado" e expressando "sentidos pêsames a Portugal, aos familiares e aos amigos".

Juntamente com a mensagem, o chefe de Estado publicou uma fotografia de ambos no dia da apresentação das cartas credenciais do diplomata, na cidade do Mindelo, a 28 de fevereiro de 2023.

Paulo Lourenço foi vítima de um enfarte cardíaco fulminante após uma caminhada, pouco antes das 20:00 (22:00 em Lisboa) de sexta-feira. Apesar das manobras de reanimação chegou já sem vida ao Hospital Agostinho Neto, na capital.

Paulo Jorge Lopes Lourenço era diplomata de carreira desde 1995 e desempenhou funções nas embaixadas de Portugal em Luanda, Londres, Sarajevo e Belgrado. 

Entre 2012 e 2018 foi cônsul-geral em São Paulo.

Entre fevereiro de 2020 e até ser nomeado embaixador em Cabo Verde, em dezembro de 2022, chefiou a Direção-Geral de Política de Defesa Nacional, funções nas quais negociou o novo programa-quadro de Defesa entre Portugal e Cabo Verde para o período 2022 a 2026.

Leia Também: Embaixador de Portugal em Cabo Verde morre de enfarte cardíaco fulminante

Recomendados para si

;
Campo obrigatório