Meteorologia

  • 16 JUNHO 2024
Tempo
23º
MIN 15º MÁX 25º

Guardia Civil reformado acusado de falsificar mais de 60 receitas médicas

O homem, de 74 anos, falsificou a assinatura do médico de um bloco de receitas que tinha em seu nome. O caso aconteceu em Ibiza, Espanha.

Guardia Civil reformado acusado de falsificar mais de 60 receitas médicas
Notícias ao Minuto

15:07 - 22/05/24 por Notícias ao Minuto

Mundo Espanha

Um agente reformado da Guardia Civil foi acusado de falsificar mais de 60 receitas médicas do ISFAS (Instituto Social das Forças Armadas), que utilizou entre dezembro de 2019 e julho de 2020 em Ibiza, Espanha.

Conforme detalhou o Ministério Público na acusação, a que o Última Hora teve acesso, o homem, de 74 anos, preencheu um total de 62 receitas de um bloco de receitas que tinha em seu nome e que aparentemente estavam assinadas por um médico. No entanto, o agente tinha falsificado a assinatura do profissional de saúde.

Um total de 51 das receitas falsificadas foram utilizadas em diferentes farmácias de Ibiza para obtenção de benzodiazepínicos, paracetamol e anti-hipertensivos entre o final de 2019 e julho de 2020.

O homem, segundo a acusação pública, obteve os medicamentos com um desconto significativo face ao seu valor de venda a retalho, uma vez que uma parte substancial foi paga pelo ISFAS. Este valor ascendeu a 139,64 euros.

Depois de apurados os factos, o agente foi acusado de um crime continuado de falsificação continuada de documentos oficiais e fraude menor continuada.

O julgamento terá lugar num Tribunal Criminal de Palma e pode ser condenado a dois anos e quatro meses de prisão e uma multa de 540 euros.

Leia Também: Eslovénia juntar-se-á ao reconhecimento da Palestina "nos próximos dias"

Recomendados para si

;
Campo obrigatório