Meteorologia

  • 21 JUNHO 2024
Tempo
18º
MIN 15º MÁX 24º

Pelo menos 7 palestinianos mortos e 25 feridos em incursão na Cisjordânia

Pelo menos sete palestinianos foram hoje mortos e outros 25 feridos no decurso de uma incursão militar israelita que ainda prossegue após 12 horas de assédio no acampamento de refugiados da cidade de Jenin, na Cisjordânia ocupada.

Pelo menos 7 palestinianos mortos e 25 feridos em incursão na Cisjordânia
Notícias ao Minuto

20:33 - 21/05/24 por Lusa

Mundo Israel/Palestina

Entre os mortos, informou a agência palestiniana Wafa, incluem-se dois adolescentes de 15 e 16 anos, para além de Osayd Kamal Jabareen, 51 anos, chefe do Departamento de cirurgia do hospital governamental de Jenin, um professor de 48 anos que se dirigia de carro para o trabalho e um estudante de 22 anos.

O Exército israelita indicou que está a efetuar uma "operação antiterrorista" na zona, com base em informações dos serviços secretos internos, e confirmou que investiga "acusações" sobre feridos "não envolvidos", a forma como se refere à população local.

Para além das sete vítimas mortais, outros 19 palestinianos foram feridos esta madrugada, incluindo o jornalista Amr Manasra, atingido por uma bala, para além de seis feridos durante esta tarde, quatro por disparos.

O Crescente Vermelho indicou que as autoridades israelitas, como é habitual, impediram o acesso de equipas médicas aos feridos.

As forças israelitas irromperam de madrugada no campo de refugiados de Jenin com blindados e escavadoras, originando confrontos armados no local e em outros bairros da cidade.

A Cisjordânia ocupada regista a maior espiral de violência desde a Segunda Intifada (2000-2005), e desde o início do corrente ano pelo menos 184 palestinianos já foram mortos pelas forças israelitas, incluindo muitos civis e mais de 30 menores.

Do lado israelita morreram em 2024 dez pessoas em oito ataques palestinianos, incluindo quatro militares e seis civis, três deles colonos.

O ano de 2023 foi o mais letal em duas décadas, com mais de 520 mortos. Após o ataque do Hamas de 07 de outubro, o Exército israelita intensificou as suas frequentes incursões na Cisjordânia ocupada, provocando 513 mortes entre os palestinianos, incluindo uma dezena vitimadas por ataques de colonos.

Leia Também: Sete palestinianos mortos em confrontos com soldados de Israel em Jenin

Recomendados para si

;
Campo obrigatório