Meteorologia

  • 12 JUNHO 2024
Tempo
16º
MIN 15º MÁX 23º

Mais de 2 mil pessoas participaram nas buscas pelo helicóptero iraniano

O helicóptero terá caído devido ao mau tempo e à pouca visibilidade, tenho vitimado as nove pessoas que seguiam a bordo, no domingo.

Mais de 2 mil pessoas participaram nas buscas pelo helicóptero iraniano
Notícias ao Minuto

13:50 - 20/05/24 por Notícias ao Minuto

Mundo Irão

Mais de dois mil socorristas e trabalhadores humanitários participaram na operação de busca e resgate do helicóptero acidentado em que seguia a comitiva do presidente iraniano, Ebrahim Raisi, entre eles o ministro do Negócios Estrangeiros, Hossein Amir Abdollahian.

Segundo o presidente do Crescente Vermelho Iraniano, Pir-Hossein Kolivand, nenhum equipamento ou assistência fornecida por países estrangeiros foi utilizado durante as buscas.

"Toda a operação foi conduzida utilizando as competências e conhecimentos do Crescente Vermelho Iraniano", disse, citado pela Sky News.

Acredita-se que o helicóptero tenha caído devido ao mau tempo e à pouca visibilidade, tenho vitimado as nove pessoas que seguiam a bordo, no domingo.

Entretanto, as equipas de socorro recuperaram os restos mortais do presidente iraniano e dos restantes oito passageiros da aeronave, anunciou o Crescente Vermelho.

Poucas horas antes, o governo iraniano confirmou a morte do chefe de Estado, tendo acrescentado que o desastre não causará "qualquer perturbação na administração" do Irão.

Saliente-se que a Turquia enviou 32 equipas de salvamento e seis veículos, dos centros de Van e Erzurum, no leste do país, para o Irão para ajudar nas operações de busca, segundo anunciou a Agência de Emergência e Salvamento na rede social X (Twitter).

Além disso, Teerão tinha também solicitado o apoio de um helicóptero equipado para buscas noturnas.

A Arábia Saudita, o Iraque e o Azerbaijão ofereceram ajuda a Teerão, enquanto o presidente norte-americano, Joe Biden, foi informado sobre o incidente, segundo a Casa Branca, que não adiantou mais detalhes.

Por seu turno, a União Europeia ativou o sistema de mapeamento de resposta a emergências Copernicus, a pedido do Irão, para ajudar a localizar o helicóptero.

A aeronave despenhou-se na zona de Kalibar, quando a comitiva regressava da zona de fronteira com o Azerbaijão, onde Raisi inaugurou uma barragem na presença do homólogo azeri, Ilham Aliyev.

Leia Também: Equipas de socorro recuperam corpos de vítimas no Irão. Eis o resgate

Recomendados para si

;
Campo obrigatório