Meteorologia

  • 20 JUNHO 2024
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 22º

Charles Michel expressa "sinceras condolências" após morte de Raisi

O presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, expressou hoje as "sinceras condolências" em nome da União Europeia (UE) depois de ser anunciada a morte do Presidente do Irão, Ebrahim Raisi.

Charles Michel expressa "sinceras condolências" após morte de Raisi
Notícias ao Minuto

07:39 - 20/05/24 por Lusa

Mundo Ebrahim Raisi

"A UE expressa as mais sinceras condolências pela morte do Presidente Raisi e do ministro dos Negócios Estrangeiros Abdollahian, assim como de todos os elementos da delegação e tripulantes [que morreram] no acidente de helicóptero. Os nossos pensamentos estão com as famílias", escreveu Charles Michel na rede social X (antigo Twitter), ao início da manhã de hoje.

O Governo do Irão confirmou hoje a morte de Raisi e de Amir-Abdollahian, numa queda de um helicóptero no noroeste do Irão, cujos destroços foram localizados sem quaisquer sobreviventes.

O helicóptero que transportava Raisi foi localizado hoje numa montanha no noroeste do Irão, anunciaram os serviços de emergência, que admitiram ter pouca esperança de encontrar sobreviventes.

O aparelho despenhou-se na zona de Kalibar e Warzghan, na província do Azerbaijão Oriental, no noroeste do país.

O acidente deu-se no domingo, quando a comitiva regressava da fronteira com o Azerbaijão, onde Raisi inaugurou uma barragem com o seu homólogo azeri, Ilham Aliyev.

A Arábia Saudita, o Iraque e o Azerbaijão ofereceram ajuda a Teerão, enquanto o Presidente norte-americano, Joe Biden, foi informado sobre o incidente, segundo a Casa Branca, que não adiantou mais detalhes.

A Turquia enviou 32 equipas de salvamento e seis veículos e a União Europeia ativou o serviço cartográfico de resposta rápida Copernicus a pedido do Irão.

Leia Também: Irão garante que morte de Raisi não vai causar "qualquer perturbação"

Recomendados para si

;
Campo obrigatório