Meteorologia

  • 17 JUNHO 2024
Tempo
21º
MIN 16º MÁX 22º

Exército israelita anuncia repatriamento de outro corpo recuperado em Gaza

O exército de Israel anunciou hoje ter repatriado o corpo de um israelita recuperado na Faixa de Gaza, para onde foi levado a 07 de outubro, depois de ter morrido no ataque do movimento islamita palestiniano Hamas.

Exército israelita anuncia repatriamento de outro corpo recuperado em Gaza
Notícias ao Minuto

20:10 - 18/05/24 por Lusa

Mundo Israel/Palestina

O corpo de Ron Benjamin, de 53 anos, foi encontrado juntamente com os cadáveres de três reféns - Shani Louk, Amit Buskila e Itzhak Gelerenter - cujo repatriamento foi anunciado na sexta-feira, informou o porta-voz do exército israelita, Daniel Hagari.

A mesma fonte indicou que os corpos destes reféns foram recuperados "durante uma operação conjunta do exército e da agência de informações" com base em indicações obtidas, nomeadamente, "durante o interrogatório de terroristas detidos na Faixa de Gaza".

O porta-voz explicou, e segundo informações verificadas pelas autoridades militares israelitas, "Ron Benjamin foi assassinado (...) a 07 de outubro" e "o seu corpo levado para Gaza" pelo Hamas.

"Após o procedimento de identificação efetuado (...) no Instituto Nacional Israelita de Medicina Legal", o exército "informou hoje a sua família", acrescentou o porta-voz.

Na manhã de 07 de outubro de 2023, dia do ataque do Hamas no sul de Israel, Ron Benjamin tinha planeado um passeio de bicicleta perto da fronteira com a Faixa de Gaza.

O israelita saiu de casa por volta das 06:30 da manhã para se juntar a amigos no 'kibbutz' Beeri, mas regressou a casa ao ouvir as sirenes.

Depois de telefonar à sua mulher Ayalet, deixou uma mensagem de voz às 07:30 no telemóvel de uma das suas filhas, que se encontrava no estrangeiro, tendo sido este o seu último contacto com a família.

O irmão mais velho, Shuki, encontrou o carro de Ron cheio de balas na berma da estrada.

Das 252 pessoas feitas reféns pelo Hamas durante o ataque de outubro, 124 continuam detidas em Gaza, 37 das quais mortas, segundo o exército israelita.

"A missão sagrada de repatriar o corpo" de Ron Benjamin "permitirá à sua família conceder-lhe o descanso eterno na terra de Israel", declarou o Fórum das Famílias dos Reféns, a principal associação de familiares, em comunicado de imprensa.

O mesmo fórum defendeu que "o Governo israelita deve concentrar-se na única missão que interessa, que é enviar equipas de negociação ainda esta noite e lutar pelo regresso (dos reféns), dos vivos e dos mortos".

A ofensiva militar israelita na Faixa de Gaza provocou mais de 35 mil mortos e perto de 80.000 feridos em sete meses, segundo dados do Ministério da Saúde do enclave, controlado pelo Hamas desde 2007.

O atual conflito foi desencadeado por um ataque sem precedentes do Hamas no sul de Israel, em 07 de outubro de 2023, que causou cerca de 1.200 mortos e duas centenas de reféns, de acordo com as autoridades israelitas.

A retaliação israelita está a provocar uma grave crise humanitária em Gaza, com mais de 1,1 milhões de pessoas numa "situação de fome catastrófica" que já está a fazer vítimas - "o número mais elevado alguma vez registado" pela ONU em estudos sobre segurança alimentar no mundo.

Leia Também: IDF recuperam corpos de três reféns, incluindo a israelo-alemã Shani Louk

Recomendados para si

;
Campo obrigatório