Meteorologia

  • 19 JULHO 2024
Tempo
25º
MIN 19º MÁX 31º

Coreia do Norte lança vários mísseis balísticos em testes de armamento

Os lançamentos aconteceram um dia após os vizinhos da Coreia do Sul terem feito um exercício conjunto com forças dos Estados Unidos.

Coreia do Norte lança vários mísseis balísticos em testes de armamento
Notícias ao Minuto

09:38 - 17/05/24 por Notícias ao Minuto com Lusa

Mundo Coreia do Norte

A Coreia do Norte lançou vários mísseis balísticos de curto alcance ao largo da sua costa oriental, esta sexta-feira.

A informação é avançada pelas forças militares da Coreia do Sul, que, no dia anterior a estes lançamentos, levaram a cabo um exercício militar conjunto com os Estados Unidos.

Segundo a agência Associated Press, que cita o Estado-Maior Conjunto da Coreia do Sul, o lançamento foi feitos a partir da região de Wonsan, por volta das 15h10 (7h10 em Portugal continental). Como consequência, os militares da Coreia do Sul reforçaram a sua postura de vigilância e mantêm a prontidão.

Na mesma sexta-feira, a irmã do líder da Coreia do Norte, Kim Yo Jong, disse que os mais recentes testes de armamento do país fazem parte de um plano de cinco anos lançado em 2021 para reforçar a defesa do país. As armas, garantiu, estão desenhadas para atacar Seoul, a capital da Coreia do Sul, rejeitando intenções de as exportar para a Rússia.

"Não escondemos o facto de que tais armas serão usadas para prevenir Seoul de inventar qualquer pensamento irreal", disse, citada pela agência de notícias estatal KCNA.

Na quinta-feira, dois F-35As sul-coreanos e dois F-22 Raptors dos EUA foram utilizados em exercícios aéreos conjuntos sobre a região central da Coreia do Sul.

Vários países, incluindo Estados Unidos e Coreia do Sul, acusaram a Coreia do Norte de fornecer artilharia, mísseis e outras armas à Rússia para a guerra na Ucrânia, em troca de tecnologia militar avançada e ajuda económica. Acusações rejeitadas repetidamente pela Coreia do Norte e Rússia.

Especialistas estrangeiros acreditam que a recente série de testes de artilharia e mísseis de curto alcance da Coreia do Norte se destinava a examinar ou publicitar as armas que planeava vender à Rússia.

"O paradoxo mais absurdo do qual não vale a pena fazer qualquer avaliação ou interpretação", respondeu Kim Yo-jong.

Kim, que integra a Comissão de Defesa Nacional da Coreia do Norte, disse ainda que os recentes testes de armas da Coreia do Norte foram realizados como parte do plano quinquenal de desenvolvimento de armas do país, lançado em 2021.

O aprofundamento dos laços entre a Coreia do Norte e a Rússia ocorre num momento em os dois países estão envolvidos em confrontos separados com os Estados Unidos - a Coreia do Norte devido ao avanço do programa nuclear e a Rússia pela invasão da Ucrânia.

Leia Também: Irmã de Kim Jong-un nega troca de armas com Rússia. "Teoria mais absurda"

Recomendados para si

;
Campo obrigatório